Jun 07, 2020 Last Updated 4:07 PM, Jun 6, 2020

MOÇAMBIQUE: CHUVA DESTRÓI E DESALOJA EM CUAMBA

Categoria: Notizie
Visite: 2106 volte

As chuvas torrenciais que atingiram duramente Moçambique nestes últimos dias provocaram mortes e avultados prejuízos na zona centro e norte do país. Algumas pessoas morreram na tentativa de atravessar rios, na província de Zambezia e na Província do Niassa. As inundações prejudicaram a principal estrada nacional N 1 que liga o norte e o sul do país, isolando a região norte do resto de Moçambique. A circulação rodoviária continua interrompida assim como o fornecimento de energia electrica. Gado, colheitas e casas foram levados pelas águas, e várias habitações ficaram completamente submersas.

Contrariamente aos outros anos, o Niassa, no norte de Moçambique, também reportou situações de cheias na bacia do rio Lúrio e seu afluente, o Muanda, que atravessa a vila-sede de Cuamba e o distrito vizinho de Mecanhelas. A cidade de Cuamba esteve sitiada desde o início da manhã de terça-feira passada, devido a subida dos caudais dos rios Muanda e Namutitima, com as águas a inundarem os bairros e a provocarem mortes e desabamento de casas.

Além de provocarem mortes e destruições nas casas, as águas criaram cortes nas principais entradas daquela cidade, particularmente na estrada de acesso à cidade de Lichinga e às províncias vizinhas de Nampula e Zambézia.

Na ponte sobre o rio Muanda as águas quase que atingiram a ponte e inundaram várias casas. Para além do desabamento de paredes de residências em número ainda não quantificado, alguns moradores pernoitaram nas copas das árvores a espera de socorro.

Para atender a situação gerada pelas chuvas na região foram abertos centros de acomodação em Cuamba. Todavia, a maioria dos desalojados estão albergados nas escolas e outros espaços públicos.

Neste momento a prioridade é a assistência mínima em termos de alimentos e água bem como em termos de abrigo temporário. A situacao continua caotica e a ajuda é quase nula. A energia electrica só será restabelecida daqui a 20 dias e a reposição da linha ferrea para Nampula demorará mais de um mês. Tudo isto faz que Cuamba continue isolada, mas prontos nos estamos bem.

 

 

 


Recenti

A nossa vida durante a pandemia

A nossa vida durante a pandemi…

06 Giu 2020 I Nostri Missionari Dicono

O Quadro Negro

O Quadro Negro

05 Giu 2020 I Nostri Missionari Dicono

Maternità surrogata. Marina Casini (Mpv): “Commercio di esseri umani che calpesta la dignità della persona”

Maternità surrogata. Marina C…

04 Giu 2020 Finestra sul Mondo

I Papi e il sogno di Martin Luther King

I Papi e il sogno di Martin Lu…

04 Giu 2020 Finestra sul Mondo

La realtà preoccupante del coronavirus a Buenaventura

La realtà preoccupante del co…

04 Giu 2020 I Nostri Missionari Dicono

Maturuca: non misureremo lo sforzo per aiutare

Maturuca: non misureremo lo sf…

04 Giu 2020 I Nostri Missionari Dicono

So far at the Sagana Parish

So far at the Sagana Parish

04 Giu 2020 I Nostri Missionari Dicono

L’agonia dei popoli dell’Amazzonia ai tempi del coronavirus

L’agonia dei popoli dell’A…

01 Giu 2020 Finestra sul Mondo

Hearing ‘cry of the poor’ is key message of 'Laudato si', Cardinal Turkson says

Hearing ‘cry of the poor’ …

01 Giu 2020 Finestra sul Mondo

La prima opera della Chiesa: l’annuncio

La prima opera della Chiesa: l…

01 Giu 2020 Missione Oggi