Dec 05, 2021 Last Updated 8:38 PM, Dec 1, 2021

Brasil: Os âmbitos da X Conferência

Categoria: I Nostri Dicono
Visite: 1766 volte
A Pessoa, a Comunidade e a Missão, conforme apresentados no Instrumentum Laboris, são os três âmbitos que iluminam a X Conferência Regional do Brasil.

A PESSOA
Criada à imagem e semelhança de Deus, a pessoa humana traz uma dignidade única: “quase como um deus tu o fizeste” (Sl 8). Inteligente e livre, é responsável pela construção de si mesma; Fruto do amor de Deus, apresenta-se, não como um projeto acabado, mas um ser em devir, em processo de mudança contínua. Enquanto se confronta com os limites concretos da vida, sente-se impelida para o infinito. No conjunto de suas relações, traça os rumos da própria história e da história da humanidade. Com seu trabalho, colabora com Deus na obra contínua da Criação. Abrindo-se à fé em Cristo, é chamada a tomar parte do Reino.Marcada também pelo pecado, necessita de um processo contínuo de aceitação e integração da própria história.

A pessoa recebe, na expressão carismática de Allamano, uma importância particular. Já no diretório de 1889, quando ainda a fundação do Instituto era apenas um sonho, escrevia que “o missionário é o maior bem do Instituto”.

Sabendo das dificuldades que os Missionários encontrariam na missão, Allamano busca oferecer o melhor na formação. Queria que os seus missionários fossem excelentes na preparação cultural, na sensibilidade humana, no respeito pelos povos, na dedicação à missão e na busca da santidade.

É da pessoa, transfigurada pela ação do Espírito, que brota o anúncio e o testemunho missionário. Buscando viver a partir da inspiração de nosso Fundador, a pessoa conta com uma particular atenção do Instituto, para que o seu processo de renovação e crescimento sejam contínuos.

O XI Capítulo pede que nos empenhemos num processo contínuo de maturidade humana e espiritual, buscando a santidade de vida, sempre mais identificados com a vocação de missionários da consolação. Nosso Mestre, por excelência, é Jesus Cristo, Homem e Deus. Tão divino e tão humano, nos chama a segui-lo e a tornar presente, no hoje da história, o seu amor infinito por toda a humanidade.

A COMUNIDADE
A importância dada à pessoa, em nada obscurece o valor da Comunidade. Somos seres em relação que necessitamos continuamente do confronto, do apoio e da amizade dos outros, para nos mantermos vivos e para expressar o melhor de nós mesmos. Foi antevendo as exigências da missão e, ao mesmo tempo, buscando dar o melhor à pessoa do missionário, que Allamano pensou o Instituto como uma Comunidade, como uma família.

Se outros aspectos de nosso carisma passaram por um longo processo de compreensão e amadurecimento, a dimensão comunitária foi clara desde o início. Quis fundar um Instituto em que as relações entre seus membros fossem caracterizadas pelo amor fraterno, pelo apoio e encorajamento mútuo e pela comunhão apostólica.

Espírito de família e unidade de intentos unem, na inspiração de Allamano, a fraternidade e a comunhão, a serviço da missão. A comunhão apostólica, porém, não se limita aos missionários. Allamano manifesta, desde o início, uma visão ampla. Antes que partissem os primeiros missionários, manifesta a intenção de, no futuro, enviar também irmãs que pudessem atuar ao lado deles. Desde o primeiro grupo, ao lado de sacerdotes, envia leigos, como membros efetivos do Instituto masculino.

Nas suas cartas aos missionários, seguidamente, o vemos insistir sobre a importância dos catequistas. Para o Allamano, a missão tem um rosto masculino e feminino, laical e clerical.

A vida comunitária perpassa toda a nossa identidade de missionários da Consolata. O amor fraterno e a comunhão apostólica são parte de nossa espiritualidade e do nosso método de viver a missão. Diante das tendências individualistas e sectárias, presentes hoje na sociedade, esta dimensão mantém toda sua atualidade e sua forte carga profética.

Nossas Comunidades internacionais, pluriculturais e pluriétnicas podem ser sinal e testemunho de um amor que, desabrochando de um único Pai, nos impele à fraternidade universal.

A MISSÃO
“Cremos que a Missão Ad Gentes é luz que ilumina toda nossa escolha e abre continuamente novos caminhos. Enche o coração de paz e alegria, no serviço que somos chamados a realizar” (Atos do IX Capitulo Geral, O credo da Missão).

“A evangelização dos povos é a finalidade que nos caracteriza na Igreja; realizamo-la para a gloria de Deus e na santidade de vida, conforme o significado que o Fundador lhe atribuía, quando proclamava: ‘Primeiro santos, depois missionários’. Este fim deve impregnar a nossa espiritualidade, orientar as opções, qualificar a formação e as atividades apostólicas; em suma, orientar toda a nossa vida” (Const. 5).

Os âmbitos da nossa missão, definidos pela IX Conferência, são: pobreza urbana, serviços qualificados às igrejas locais (AMV e MCS), minorias étnicas ou grupos humanos vítimas da discriminação, opressão e marginalização (Camponeses, bóias-frias, sem-terra e HIV).

Estes âmbitos vão se ampliando continuamente, exigindo de nós um contínuo discernimento, abertura e qualificação no nosso ser e agir, especialmente em relação à Justiça e Paz e Integridade da Criação (JPIC), à inculturação e ao diálogo inter-religioso.

Esta missão se realiza sempre na Igreja local, da qual somos servidores e, ao mesmo tempo, sentinelas, testemunhas e animadores.

Ela se realiza através de uma pluralidade de expressões que envolve o anúncio da Boa Nova aos povos não evangelizados, a colaboração temporária com as Igrejas parcialmente evangelizadas, a AMV e Formação, além de outros serviços indispensáveis à vida e ao desenvolvimento do Instituto (Const. 17).

Partilhamos o mesmo carisma com as Missionárias da Consolata, procurando sempre mais profunda comunhão, colaboração e realização de projetos comuns. A riqueza do carisma se abre também aos Leigos Missionários da Consolata, oferecendo-lhes a possibilidade de participar da nossa espiritualidade e do nosso projeto de missão.

Equipe de Comunicação
Paulo Mzé, Patrick Silva e Jaime Patias.

Recenti

Finestre sul MONDO

30 Nov 2021 Finestra sul Mondo

II domenica di Avvento. Anno C…

30 Nov 2021 Domenica Missionaria

Avvento. Un dono da accogliere

29 Nov 2021 Preghiere Missionarie

Essere giovani nell’Amazzonia

Essere giovani nell’Amazzoni…

29 Nov 2021 I Nostri Missionari Dicono

ARGENTINA. Missione quattro per quattro

ARGENTINA. Missione quattro pe…

29 Nov 2021 I Nostri Missionari Dicono

Pueblo Nuevo. Il villaggio di …

29 Nov 2021 Missione Oggi

Finestre sul mondo

23 Nov 2021 Finestra sul Mondo

I Domenica di Avvento. Anno C…

23 Nov 2021 Domenica Missionaria

Avvento. Venite saliamo al tem…

22 Nov 2021 Preghiere Missionarie

La vita spesa bene

La vita spesa bene

22 Nov 2021 I Nostri Missionari Dicono